planejar_financeiramente

Como se planejar financeiramente

planejar_financeiramenteNão existe mágica ou fórmula milagrosa que funcione para todos mas vou tentar passar um pouco do que sei, do que continuo aprendendo e um pouco do que aplico na minha vida para me planejar financeiramente.

Lembrando que o que eu estou dizendo vai sofrer variações baseadas no seu estilo de vida, renda, gastos e saúde financeira.

Então vamos aos passos:

 

 

 

 

1º – LISTAR OS OBJETIVOS

Será o passo onde tomará um tempo de reflexão sobre sua vida, objetivos e desejos que você possui.É muito importante listar os objetivos para poder traçar uma estratégia válida, afinal “de nada adianta correr quando se está no caminho errado”Podemos dividí-los em diferentes prazos para facilitar a realização, vou colocar aqui um modelo e alguns exemplos de objetivos para facilitar a compreensão:

-Curtíssimo prazo (0 a 2 anos)

  • Fazer um cruzeiro
  • Comprar uma TV nova
  • Comprar um Notebook potente
  • Fazer um curso
  • Fazer uma viagem para o exterior
  • Trocar o celular

-Curto Prazo (2 a 5 anos):

  • Dar entrada em um imóvel
  • Comprar um carro
  • Quitar a compra de um imóvel
  • Comprar uma franquia
  • Casamento
  • Abrir um negócio próprio

-Médio Prazo (5 a 10 anos):

  • Pagar faculdade dos filhos
  • Comprar um imóvel (a vista)

-Longo Prazo (10 em diante):

  • Comprar outro imóvel (um sítio ou algo do tipo)
  • Viajar pelo mundo
  • Aposentadoria sem depender do governo ou parentes
  • Independência Financeira !

2º – DEFINIR ESTRATÉGIA

Existem várias “produtos” para investimento, cada uma para estratégias e prazos diferentes então vou utilizar a mais comum delas.Precisamos ter em mente que é necessário dividir em prazos os nossos investimentos para saber onde é mais adequado investir, sendo assim, podemos ter:

-Curtíssimo prazo (0 a 2 anos):

  • Poupança
  • Títulos do Tesouro Direto indexados a Selic

-Curto Prazo (2 a 5 anos):

  • Títulos do Tesouro Direto
  • CDB
  • LCI

-Médio Prazo (5 a 10 anos):

  • Títulos do Tesouro Direto
  • Fundos Imobiliários
  • CDB
  • ETFs
  • Fundos de Investimento

-Longo Prazo (10 em diante):

  • Títulos do Tesouro Direto (com vencimentos maiores)
  • Fundos Imobiliários
  • Ações que distribuam dividendos
  • Fundos de Investimento
  • ETFs
  • Previdência Privada

-Atemporal

  • Câmbio (dolar, euro)
  • Ouro

Para entender melhor cada um, aqui tem ótimas fontes de informação:

CDB ( http://queroficarrico.com/blog/2011/04/06/o-que-e-cdb-certificado-de-deposito-bancario/)

LCI ( http://www.valoresreais.com/2011/03/13/o-que-e-lci-letra-de-credito-imobiliario/)

Fundos Imobiliários ( http://hcinvestimentos.com/fundos-imobiliarios/)

Tesouro Direto ( http://dinheirama.com/blog/2011/01/20/tesouro-direto-como-investir-rentabilidade-vantagens-e-caracteristicas/)

Fundos de Investimento ( http://financaseconomicas.blogspot.com.br/2009/11/o-que-sao-fundos-de-investimento.html)

ETFs ( http://hcinvestimentos.com/2011/06/20/fundos-de-indice-etfs-pibb11-bova11-smal11/)

Ouro ( http://hcinvestimentos.com/2013/02/26/como-investir-em-ouro/)

Previdencia Privada ( http://dinheirama.com/blog/2013/04/05/opcoes-aposentadoria-previdencia-privada/)

Previdência Privada – cuidados ( http://dinheirama.com/blog/2012/08/14/voce-sua-aposentadoria-e-o-impacto-dos-juros-baixos-na-previdencia-privada/)

Previdência Privada – cuidados 2 ( http://dinheirama.com/blog/2009/05/06/escolha-e-utilidade-dos-planos-de-previdencia-privada/)

Legal, já aprendemos um pouco sobre cada um, agora precisamos saber as armadilhas que devemos evitar que são frequentemente jogadas para nós por Gerentes de Bancos e pessoas que se dizem Consultores Financeiros

  • Poupança para longo prazo
  • Fundos de investimento com altas taxas de administração (acima de 2% ao ano)
  • Títulos de capitalização – Esse aqui é umas das piores armadilhas para o investidor iniciante
  • Previdência Privada com altas taxas

3º – COLOCAR EM PRÁTICA 

Depois que definimos os objetivos e onde investir está na hora de colocar em prática o seu plano de ação !

O ideal é que assim que você recebe o seu salário divida o dinheiro na seguinte ordem:

  1.  Dinheiro para os seus objetivos
  2. Dinheiro para as suas despesas (fixas)
  3. Chegou aqui e ainda sobrou ?! Ótimo, utilize para seu lazer e recompensa por ter gerenciado bem suas finanças. É importante ganhar um agrado pelo esforço em economizar e planejar o futuro.

 

Aí você pode estar se perguntando…

“Fica ruim de visualizar e organizar tudo na minha conta corrente, como vou fazer ?”

Você pode abrir conta em vários bancos e não precisar pagar nada pelos serviços.

Existe uma modalidade de conta chamado Conta Digital ou iConta que consiste em uma conta corrente onde não incidirão taxas sobre os serviços realizados através da internet e nem taxas sobre transferências bancárias.

 “Como faço para investir se só tenho a conta corrente ?”

Será necessário abrir uma conta em uma corretora ou através do setor de investimentos de seu próprio banco. Para decidir entre as opções é bom conversar sobre as taxas envolvidas. Aqui alguns links:

http://blog.bussoladoinvestidor.com.br/escolher-uma-corretora-de-valores/

http://www.bastter.com/Mercado/Aprendizado/cantinho-do-bastter/como-escolher-uma-corretora.aspx

 

“Preciso ter mais de uma corretora para diferentes tipos de investimento ?”

A resposta é…depende….Dependendo das taxas de custódia e da sua movimentação de compra e venda de produtos financeiros, pode ser vantajoso usar uma corretora ou banco para investir em um tipo de ativo e outra para realizar movimentações mais frequentes (como a compra e venda de ações em curto prazo).

Bom, acho que já escrevi bastante. Espero ter ajudado aqueles que tiveram paciência de ler até o fim !

Tags: , ,

No comments yet.

Leave a Reply